Descubra agora mesmo o que preparar para a chegada do bebê

4 minutos para ler

A gravidez chega trazendo uma série de mudanças ao corpo da mulher. Além disso, em nove meses essa transformação tomará completamente a vida do casal. Assim, é natural que mães de primeira viagem tenham dúvidas quanto ao que preparar para a chegada do bebê.

É preciso se planejar, arrumar a casa e pensar na infraestrutura necessária, criando um ambiente seguro e confortável e uma rotina funcional. Afinal, quanto menos você precisar se preocupar com coisas práticas, mais tempo terá para se dedicar ao mais importante: os cuidados com o seu pequeno.

Neste post, reunimos algumas dicas para passar por esse momento delicado, de mudanças internas e externas, com mais leveza e tranquilidade. Confira!

Prepare o ninho

Decorar o quarto é uma das fases mais gostosas da gestação, mas cuide para não exagerar nos estímulos visuais, então prefira cores leves. Evite também enfeites que possam acumular muita poeira. Observe a iluminação e a ventilação, o tipo de piso, as quinas dos móveis, proteção contra mosquitos etc.

Vale a pena antecipar os riscos futuros, pois, num piscar de olhos, seu bebê estará engatinhando por aí. Por isso providencie as soluções desde já — telas de proteção nas janelas, portão nas escadas, travas nos armários, protetores nas tomadas, entre outras.

Invista nos artigos mais importantes

Faça uma lista dos acessórios que serão necessários pensando no dia a dia com o bebê. Por exemplo, para transportar seu filho da maternidade para casa, será necessária uma cadeira para automóvel. No caso de recém-nascidos, o ideal é um bebê conforto que suporte até 13 kg.

Já em casa você vai precisar de uma cadeira confortável para amamentar e almofadas específicas, as quais também são úteis. Lembre-se de que você vai passar a maior parte do tempo amamentando. Banheira, sling, cadeira de descanso tipo bouncer, moisés e carrinho são itens indispensáveis já para os primeiros meses.

Escolha o enxoval com carinho

Outra grande diversão é preparar o enxoval do bebê. Das fraldas às roupinhas, tudo faz parte do enxoval. No entanto, é fácil se empolgar com a fofura e se esquecer da praticidade.

Observe a qualidade do material e a presença de detalhes que possam incomodar o bebê, como costuras, fechos e etiquetas. Não se esqueça do enxoval de cama e de banho, afinal eles serão muito mais usados no dia a dia do que um monte de sapatinhos, por exemplo. Priorize tecidos 100% algodão, macios e a duráveis. Pois, nessa fase, as peças costumam ser lavadas muitas vezes devido a vazamentos, golfadas e outros acidentes.

Pense na funcionalidade das peças para o dia a dia. As compressas, por exemplo, são essenciais durante as crises de cólica do recém-nascido. Assim como as babinhas, babões e babadores que têm múltiplas utilidades, como limpar e proteger de possíveis regurgitos, forrar o trocador, colocar no ombro para o bebê arrotar, . Logo, quanto mais melhor.

Como vimos, são muitas as decisões a tomar antes da chegada do bebê. No entanto, mais do que preparar a casa e o enxoval, é preciso se informar e esclarecer dúvidas sobre os maiores desafios, como o puerpério e a amamentação. Além disso, é importante planejar sua rede de apoio: saber com que ajuda poderá contar e selecionar e conhecer os profissionais — pediatra, consultora de amamentação, babá, entre outros.

Por fim, é relevante entender que, por mais delicada que essa fase seja, ela passa, e é preciso ter paciência. Uma boa conversa com mães mais experientes pode ser acolhedora, mas não se sinta pressionada a seguir nenhuma cartilha. Respeite seus instintos e descubra seu jeito de ser mãe.

Se você curtiu nossas dicas, siga-nos no Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário