Como amamentar nos primeiros dias com segurança? Descubra aqui!

4 minutos para ler

Uma das maiores preocupações durante a gravidez é como amamentar nos primeiros dias. A amamentação é algo importante, pois traz muitos benefícios ao bebê e à mamãe. O leite materno é o alimento perfeito para os pequenos, pois fornece todos os nutrientes em quantidades adequadas para o desenvolvimento da criança.

Além disso, ajuda na imunidade do recém-nascido, fortalece os laços entre mãe e filho e é aconchego para esse ser tão dependente. Por esse motivo, ela é incentivada de maneira exclusiva até os 6 meses e como parte da nutrição até os 2 anos ou mais.

No entanto, pode ser uma fase que implica em algumas dificuldades. Você também está passando por isso ou está se preparando? Fique tranquila. A maioria das mamães tem alguma história de adversidade para contar sobre esse período. É muito comum ter dúvidas e incertezas.

Pensando nisso, trouxemos este post para dar algumas dicas úteis para a hora da amamentação. Vamos lá?

Prepare as mamas

Já ouviu falar sobre preparar as mamas para o aleitamento materno ainda na gestação? Saiba que algumas orientações já caíram em desuso e podem prejudicar mais do que ajudar. A verdade é que apenas o banho de sol é o suficiente.

Tire o sutiã e exponha as mamas por 10 a 15 minutos diariamente pelo sol da manhã, entre 8h e 10h. Essa prática ajuda a evitar as rachaduras e, de quebra, auxilia na síntese de vitamina D no organismo. Esqueça as dicas antigas de esfregar os mamilos com bucha vegetal ou gaze e não utilize cremes, nem pomadas hidratantes.

Para o vazamento de leite das mamas, prefira os protetores de seios às conchas. Enquanto o primeiro é mais confortável e permite que a pele respire, o segundo aumenta as chances de proliferação das bactérias e atrapalha a regulação na produção de leite. Caso as mamas estejam machucadas ou feridas, faça uma rosquinha com babinhas (paninhos de boca) e coloque em volta dos bicos para que não encostem no sutiã ou na roupa.

Entenda a pega correta

Um dos maiores problemas na amamentação é a pega incorreta. Quando o bebê não consegue abocanhar a mama adequadamente, passa a machucar os mamilos, além de ficar irritado por não conseguir mamar direito. A pega certa é aquela em que a boquinha do pequeno fica com os lábios totalmente para fora, como uma boca de peixe.

Nesse caso, toda a aréola deve ficar — ou quase toda — dentro da boca do neném, e não apenas o mamilo. O nariz precisa ficar livre e o queixo deve encostar na mama. Em caso de dificuldade, mesmo com todas as orientações, é interessante buscar a ajuda de um consultor de aleitamento materno.

Esse profissional sabe identificar os pontos que podem estar prejudicando a amamentação, como o bebê ter o freio lingual curto, os bicos dos seios serem invertidos ou mesmo uma pega incorreta, e ensinar como dar de mamar da melhor maneira possível.

Uma das dicas valiosas em caso de pega incorreta e dor na hora da amamentação por conta dos bicos machucados é fazer aplicação de laser no local, promovendo alívio na dor e uma cicatrização muito mais rápida.

Esteja confortável

O conforto, tanto do bebê quanto da mamãe, é fundamental. A amamentação pode ser rápida, de poucos minutos, mas também pode demorar um pouco mais, até passar de hora, dependendo da necessidade do recém-nascido. Isso porque o “mamar” também é consolo e não apenas nutrição.

Por isso, tenha um cantinho especial e tranquilo para poder amamentar de forma sossegada. Encontre a melhor posição para você e para o pequeno, é preciso que estejam relaxados para o aleitamento ocorrer da melhor maneira. As almofadas de amamentação podem ajudar nessa missão, pois servem de apoio.

Queremos reforçar que é normal ter dificuldades para saber como amamentar nos primeiros dias. . Saiba que com a orientação certa, muito amor e paciência é possível amamentar de maneira tranquila e prazerosa.

É mamãe de primeira viagem? Então aproveite que está por aqui e veja 7 dicas que podem salvar a sua vida!

Posts relacionados

Deixe um comentário