1° trimestre de gravidez: o que você deve saber nessa fase da gestação

5 minutos para ler

O momento em que descobrimos a gravidez é sempre muito impactante. Por mais desejado e aguardado que seja, ver o resultado positivo no exame causa uma grande emoção. Mas e depois, o que vem pela frente? Surgem muitas dúvidas sobre o que esperar pelos próximos meses, especialmente para quem é mãe de primeira viagem.

O 1º trimestre de gravidez é uma fase muito importante e cheia de mudanças, tanto para a mãe quanto para o embrião que, ao final desse período, já vai ser um feto. Por isso, é importante que você saiba quais são as principais transformações esperadas, quais cuidados deve tomar nesse período e onde encontrar informação confiável sobre o tema.

Elaboramos este post exclusivamente para ajudar você nessa maravilhosa jornada. Acompanhe!

Como é a descoberta da gravidez

Algumas mulheres podem começar a sentir sintomas da gravidez antes mesmo de fazer o exame. Os mais comuns são enjoo, especialmente pela manhã, e aumento da sensibilidade nas mamas. Se você sentir esses sintomas e estiver com a menstruação atrasada, é recomendado fazer o teste de farmácia o mais rápido possível para checar se está grávida ou não. Se der positivo, fale com seu médico, que irá sugerir fazer um exame de sangue.

O enjoo é uma reação ao aumento do HCG, o principal hormônio da gravidez. As náuseas costumam diminuir ou desaparecer após a 18ª semana de gravidez. Até lá, é possível tomar algumas medidas que podem ajudar a reduzir o desconforto. Uma delas é comer pela manhã, antes mesmo de sair da cama. Duas bolachas de água e sal são suficientes para ajudar a aplacar o enjoo matinal.

Como contar as semanas de gestação

Uma dúvida muito comum diz respeito ao cálculo da idade gestacional em semanas e meses. Para fazer esse cálculo, é preciso saber a data da sua última menstruação. Conte quantas semanas se passaram a partir desse dia e você terá sua idade gestacional em semanas.

O médico também pode informar com mais precisão esse dado a partir da ultrassonografia realizada na consulta pré-natal, que também indicará a data provável de parto, que pode ou não bater exatamente com as 40 semanas a partir do início da sua menstruação. Mas é a data do primeiro ultrassom que será considerada sempre.

Outra questão que todas as mamães fica ansiosas é para saber o sexo do bebê. O exame de sangue chamado sexagem fetal pode ser feito já na oitava semana de gestação, o que alivia essa ansiedade, além de ser ainda mais seguro que o ultrassom. Ele é realizado na maioria dos laboratórios, somente particular, e identifica o cromossomo Y em seu sangue caso seja um menino. Se não houver esse cromossomo, é porque o bebê será menina.

Quais cuidados tomar nesse período da gravidez

O 1º trimestre da gravidez é o de maior risco de aborto e sangramento, por isso é preciso tomar todos os cuidados recomendados. O ideal seria começar o pré-natal antes mesmo da gravidez, consultando um médico e fazendo os exames necessários para checar se a saúde está em dia para levar adiante uma gestação. No entanto, sabemos que nem sempre esse planejamento é possível.

Portanto, se você descobriu que está grávida, o primeiro passo é procurar um ginecologista de sua confiança para dar início ao seu pré-natal. O primeiro ultrassom é feito entre a 5ª e a 8ª semana de gravidez, e tem como objetivo verificar a quantidade de embriões, a localização da gravidez e o tempo de gestação.

Outro ponto importante na gravidez é cuidar da alimentação e de tudo o que você ingere. Álcool e cigarro devem ficar de fora, e o consumo de cafeína deve ser moderado. Além disso, seu médico deve pedir uma complementação com ácido fólico, que é importante para reduzir o risco de deficiências no cérebro e na coluna vertebral do bebê.

Caso faça uso de algum medicamento, converse com seu médico para verificar se é possível continuar com a mesma medicação sem interferir no desenvolvimento do bebê. Cheque inclusive a respeito dos remédios mais comuns, como analgésicos e antitérmicos.

Onde encontrar informação confiável

Por fim, como esse é um assunto que envolve diretamente a sua saúde e a do seu futuro bebê, é importante saber onde encontrar informações confiáveis. O site do Ministério da Saúde traz uma página com muitas informações sobre o tema, incluindo uma caderneta da gestante. Além disso, alguns veículos especializados, como o site da Pais&Filhos e BabyCenter sempre trazem matérias atualizadas, com fontes seguras, e de leitura agradável.

Agora você já sabe o que esperar do 1º trimestre de gravidez e pode passar por esse período com mais tranquilidade e aproveitando bem para planejar a chegada do futuro bebê.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja também como ter uma gravidez tranquila e saudável.

Posts relacionados

Deixe um comentário